Facebook Pixel
Bebê

Baby monitor app: A paz e sossego no berçário é enganosa

Um monitor para bebés é muito mais barato que um monitor convencional para bebés. Mas é tão bom quanto isso? O nosso teste prático mostra: O serviço de baby-sitting no smartphone deve ser usado com cuidado.

Um bom monitor de bebé deve informar quando a criança acorda do sono.

Um bom monitor de bebê deve informar quando a criança acordar do sono. Com as aplicações do babá monitor testado, isso nem sempre funcionaria de forma confiável. (Imagem: A Grigorjeva/iStock, Thinkstock)

A criança está a dormir profundamente e, fora de uma noite de Verão agradável, convida-o a ficar com os vizinhos. Mas será que o bebé também dormirá durante a noite quando os pais saírem de casa? É aqui que um monitor do bebê vem a calhar, para que os pais possam sair com a consciência tranquila. Um bom monitor de bebê relata quando a criança acorda e chama pelos pais. Mas isto custa dinheiro, e é por isso que muitos pais adiam a compra de um e depois não têm um à mão quando precisam dele.

No entanto, quase todos os lares de hoje têm um smartphone. Então porque não simplesmente monitorizar o sono da criança com uma aplicação de monitor de bebé? Parece a leveza do ser - tire o seu smartphone, faça o download do aplicativo, instale-o e o monitor do bebê está pronto. Custo: um punhado de francos. Mas as primeiras dúvidas surgem assim que você instala o aplicativo: Quão fiáveis são as aplicações? O que acontece com os dados que são transmitidos do berçário para a internet? E se os vizinhos de fora tiverem má recepção de telemóvel ou se a sua própria ligação WLAN não chegar ao jardim?

Baby monitor app: dois smartphones normalmente necessários

Queríamos saber se a monitorização do sono via smartphone é realmente uma alternativa ao monitor convencional de bebé e testámos três aplicações representativas da multiplicidade de ofertas:

  • Babyphone Duo (VoIP) e Babyphone Deluxe de Kirstin Hofkens (apenas para iOs, Fr. 4.00, resp. Fr. 3.00)
  • Babyphone by Annie da Master App Solutions (para iOs e Android, download gratuito com 30 minutos gratuitos, depois disso custa Fr. 9,00)
  • Aplicação WiFi Baby Monitor App da Pappenmeier Software UG (apenas para Android, versão de luz gratuita, versão completa Fr. 3.75)

A maioria dos aplicativos testados requer dois smartphones ou tablets que são conectados através do aplicativo. Somente "Babyphone Deluxe" de Kirstin Hofkens oferece a possibilidade de ser informada em qualquer número de telefone (também fixo) se a criança ficar inquieta - teoricamente. Mais sobre se esta é uma boa alternativa em caso de má recepção do telemóvel, mais adiante neste texto. Com a solução de dois dispositivos, um smartphone é colocado no quarto da criança - de preferência em modo silencioso, para que as chamadas ou mensagens recebidas não despertem a criança. Os pais levam o segundo dispositivo com eles para monitorização.

As aplicações do babá monitor no teste prático

"Baby Monitor Duo"

Baby Monitor App Duo

Vantagens:
O aplicativo "Babyphone Duo" de Kirstin Hofkens é fácil de usar. Logo no início, é-lhe perguntado qual a função que o aparelho deve assumir dentro - transmissor no quarto da criança ou estação receptora para os pais. Você pode alterar isso a qualquer momento nas configurações gerais. Num segundo passo, pode definir o nível de ruído em que o alarme deve ser enviado para o dispositivo receptor - desde uma ligeira rabugice até um grito alto. Finalmente, a ajuda operacional pede que você insira o código numérico de vários dígitos exibido no primeiro smartphone do segundo dispositivo. Desta forma, você pode ter certeza de que não enviará uma mensagem acidentalmente para o celular de outra pessoa. Agora os dispositivos estão emparelhados um com o outro.

Desvantagens:
Quando se trata do núcleo real da aplicação, logo se segue a desilusão. A conexão é relativamente instável, os dois dispositivos muitas vezes perdem contato um com o outro e têm que ser emparelhados novamente. Para restabelecer a conexão, você tem que pegar os dois smartphones novamente. Isto não é muito útil quando a criança deve dormir tranquilamente e os pais querem desfrutar de uma noite relaxada. Além disso, leva um tempo relativamente longo até você ser informado sobre a perda da conexão no dispositivo receptor. Normalmente, não é o mesmo que enganar, mas ainda assim vale a pena mencionar, também é o atraso quando se faz barulho no quarto das crianças. De acordo com o alemão "Stiftung Warentest" , que também testou o aplicativo em 2015 (artigo completo não disponível gratuitamente online), o celular bebê também não suprime automaticamente as chamadas recebidas no aparelho.

"Baby Monitor Deluxe"

Baby Monitor App Deluxe

O aplicativo prolongado "Babyphone Deluxe" (também da Kirstin Hofkens) tem, além da transmissão smartphone-to-smartphone, a opção de reportar o alarme para um número de destino definido. No entanto, o fabricante aponta na loja de aplicativos que o aplicativo não funciona mais adequadamente com a versão mais recente do sistema operacional Apple (iOS 10.3) por razões de segurança da Apple. O teste prático mostrou que este erro ainda não foi corrigido: o aplicativo reagiu à criança que chorava e tentou ligar para o número da linha fixa. Mas precisava de uma confirmação manual no dispositivo de envio para que a chamada fosse feita. Assim, esta função é inutilizável na sua forma actual. Seria desejável que os programadores fizessem melhorias neste ponto.

"Baby Monitor Annie"

Baby Monitor App Annie

Vantagens:
O aplicativo "Babyphone Annie" do desenvolvedor Master App Solutions é fornecido gratuitamente durante a primeira meia hora, após o que é um dos aplicativos mais caros do mercado, com 9 francos. Uma coisa boa do aplicativo é que você pode ligar o chamado modo noturno infantil, que suprime as chamadas ou mensagens recebidas. Além disso, você pode configurar a tela do transmissor do bebê para ficar completamente escuro.

Desvantagens:
À primeira vista, parece ser uma boa solução que o dispositivo receptor informa quando a conexão com o transmissor é interrompida. Teoricamente, você pode definir nas configurações após quantos segundos o aplicativo deve alertá-lo. Na prática, porém, isto funciona mal. Definimos este alarme para 30 segundos, mas na verdade demorou uns bons 5 minutos até que a informação fosse exibida no dispositivo receptor. Outro recurso é a possibilidade de enviar vídeos do berçário, além de sons. No entanto, considerando que o telemóvel não é um dispositivo de visão nocturna e que, normalmente, é pouco nítido para o zappenduster na sala, esta função faz pouco sentido.

"Monitor WiFi Baby Monitor"

Baby Monitor App

Vantagens:
O "WiFi Baby Monitor" da Papenmeier Software UG é muito estável. O aplicativo é fácil de usar e reporta de forma confiável quando um dispositivo não está mais no alcance do rádio da WLAN ou de uma antena de celular. O desenvolvedor Frank Papenmeier também está interessado em ouvir a entrada do usuário. Na loja do Google Apps, ele responde imediatamente a perguntas ou críticas e oferece soluções aos clientes.

Desvantagens:
Papenmeier ainda poderia trabalhar com a qualidade do som transmitido - as vozes parecem extremamente estanhadas e distorcidas através do aplicativo. Uma pequena gota de amargura para todos os proprietários de iPhone: Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para Android.

Use o babá monitor com prudência

O teste prático mostra que muitos dos aplicativos que são altamente elogiados na internet e nas revisões da loja de aplicativos têm falhas. O que todos eles têm em comum é o facto de serem bebedores de pilhas. Uma bateria totalmente carregada pode estar praticamente vazia após pouco mais de uma hora. No entanto, se conseguir ligar ambos os dispositivos a uma fonte de alimentação e ter uma WLAN ou rede de telemóvel estável garantida em casa ou no local de utilização desejado, uma aplicação de monitorização de bebés pode ser muito útil. Afinal de contas, se os sons são transmitidos de uma forma barulhenta ou clara, não desempenha um papel tão importante nesta área. No entanto, os aplicativos são menos recomendáveis se você não estiver seguro sobre a qualidade da conexão entre os dois dispositivos. Os pais podem então ser embalados na falsa crença de que a criança está dormindo em paz, quando na verdade está acordada.

Se você ainda decidir confiar em um aplicativo de babá eletrônica e na internet, você definitivamente deve seguir estas dicas:

  • É importante colocar o smartphone que fica com a criança em silêncio para que ela não seja despertada pelas chamadas recebidas.
  • Quem faz chamadas via pré-pago deve ter crédito suficiente para a solução com o alerta de chamada para um número de telefone.
  • A bateria deve estar totalmente carregada quando a unidade não estiver conectada a uma tomada de energia.

Dados na rede

Um ponto que pode preocupar os pais são os dados que são transmitidos do berçário para a Internet. Em seu artigo sobre babá eletrônica, a alemã Stiftung Warentest testou o comportamento do envio de dados das aplicações. A fundação concluiu que nenhuma das aplicações enviou dados desnecessários. No entanto, é aconselhável ter cuidado. Ataques de hackers em larga escala, como o ataque cibernético "Wanna Cry" na primavera de 2017, mostraram que mesmo cidadãos comuns discretos com comportamento de uso médio da internet não devem ser levados a uma falsa sensação de segurança quando se trata de dados.

Exposição à radiação

Os pais podem estar preocupados em colocar um smartphone bem ao lado do filho. Quão saudável é para a criança ter um aparelho constantemente "no ar" ao lado do seu bebé? Os efeitos da radiação electromagnética sobre a saúde humana ainda não são totalmente compreendidos. Um estudo realizado em 2010 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) não chegou a uma conclusão clara sobre se a radiação é perigosa para a saúde. No entanto, é aconselhável prestar atenção a um baixo valor SAR para os smartphones. Fornece informações sobre a absorção de campos eletromagnéticos. Um valor médio é considerado como radiação de 0,60 watts por quilograma, enquanto valores superiores a 1,0 watt/kg são considerados como radiação elevada. O smartphone com a menor radiação é colocado no quarto das crianças.